21 fevereiro, 2007

A Filha do Polaco

A minha tia Graciete, contou-me que em pequena tinha lido um romance histórico – A Filha do Polaco, um livro impregnado de muitas verdades descritas de um modo fascinante e que conta as aventuras de um soldado polaco em terras lusas no tempo das invasões francesas. Esta obra de três volumes de autoria de António de Campos Júnior desapareceu no tempo e através do Presidente da Junta de Freguesia do Zambujal, o Dr. Fernando Manuel Abreu, conseguiu-se obter algumas fotocópias que fazem parte do volume III, 3ª edição, ano de 1926.
Assim, passo a transcrever alguns excertos desta história passados neste lugar;

“...Sigamos nós de Soure para Condeixa, mas, antes de lá chegar, tomemos pelo caminho para Miranda do Côrvo e indaguemos para que lado fica a povoação de Fonte Coberta.
Está ali o estado maior de Massena. Encontra o a gente logo a entrada da aldeia; á sombra de uns carva’lhos antigos. Fririon conversa com os nossos conhecidos Marbot, Ligneville e Casabianca. Massena está falando com o general Eblé e o ajudante Pelet. Mais largo, uns grupos de officiaes conversam animadamente.
O dia está uma delicia como se fosse um prenuncio de primavera. O sol queima como se estivessemos em junho. A cem passos do alpendre de uma casa térrea, humilde, sentado n’uma cadeira de tesoura, antiga, vê-se um dragãosinho de cabellos dourados e ao pé d’elle uma mulher de cabellos grisalhos com o traje de vivandeira. Conhecemos perfeitamente aquelle franzino official de dragões. É a companheira do Marechal no seu travesti de companhia.”

4 comentários:

Ricardo disse...

Gostei da foto, sobretudo pelas cores, o azul vivo encontado a escuridao.

dejalo que va lejos disse...

Agradeço o comentário e também a visita a este lugar (".)

Ricardo disse...

Ola desculpa so vir agora responder!

Na verdade e so para deixar um kisse :)

dejalo que va lejos disse...

Boas tardes...
De vez em quando encontro um lugar onde posso espreitar o blog e afins... mesmo de férias ñ consigo ficar muito longe de um computador (".)
Beijos também para ti e boa continuação..