18 dezembro, 2007

O Presépio ...





Mais um ano se passou, para mim abrandou nas horas felizes e voou nas horas infelizes...

Pela segunda vez o presépio volta a ter vida dentro da nossa casa. O musgo, a vegetação e as figuras de barro, como: a Sagrada Família, os três reis Magos, o moleiro e o seu moinho, uma lavadeira, uma mulher com um cântaro à cabeça, o pastor acompanhado pelo seu cão e seu rebanho...

A todos um Feliz Natal!!!


4 comentários:

Paski disse...

Fico feliz por existir mais um presépio. Cá em casa também se fez um, ainda que mais modesto, eheheheh! Lembro os anos em que cheguei a perder horas na sua construção... musgo, luzes, caminhos de areia... mas hoje, apesar dos dias terem as mesmas 24 horas que há uns anos atrás, deixamos de ter tempo para estes "rituais" que nos fazem recordar o verdadeiro significado do Natal. Parabéns! Está muito bonito!

dejalo que va lejos disse...

Obrigada (".)
Uma tradição... desde pequena que o presépio faz parte da nossa família. Seja um simples ou mais elaborado, mas é sempre um prazer construi-lo e a casa fica mais acolhedora...

Anónimo disse...

Está muito bonito o teu presépio, fez-me recordar a minha infância.
Beijinho grande de Lisboa
Paula

dejalo que va lejos disse...

A minha Lisboeta :o))))

E então quando vens a este lugar apanhar um ar fresquinho??? Não estás a precisar de descansar!!!
ehehehehehehe
Beijinhos doces