23 março, 2009

Fragmentos...

© av, Rua Garrett - Lisboa, Fevereiro 2009

" As casas são como as pessoas, têm a sua idade, os seus cansaços, as suas loucuras. Ou talvez não - são as pessoas que são como as casas, com a sua cave, o seu sótão, os seus muros e, por vezes, janelas claras que dão para belos jardins. "
Christian Bobin, " Isabelle Bruges "

3 comentários:

Zabour disse...

Hum...concordo plenamente. Acho k as casas são o reflexo do k somos, do k gostamos, do k valorizamos seja ele material ou espiritual.

Beijinhos

Viajante disse...

Hmmm... que boa música se ouve por aqui :-)

Gosto mais das janelas claras que dão para belos jardins. Aqui a minha janela com vista sob a cidade está um encanto ;-)

Beijos do Eu

Lusitana disse...

...a Sara diz.."olha a Primavera"!Que surpresa agradável, gostei muito de "Let it be Love".