11 maio, 2008

Irish Wildflower Mix



Esta bonita e colorida embalagem veio de longe... mais precisamente Dublin, talvez a 2500 km daqui. Uma oferta de um amigo...
Contendo uma mistura de várias e pequenas sementesinhas de flores selvagens.



Este acontecimento já devia ter sido colocado aqui, mas só hoje é que arranjei disposição e tempo para escrever um post sobre esta minha tarefa.
No dia 06 de Abril, dediquei-me à jardinagem e mãos à terra. A minha ideia seria lançar estas pequenas sementes no nosso jardim & horta junto do limoeiro, os morangueiros silvestres, o alecrim, o buxo, a azália e outras plantinhas.
Mas, surgiu um pequeno problema... este pequeno cantinho de terra é nem mais nem menos um dos locais preferidos do Pipas e do Max, porque aqui eles adoram esgravatar, brincar às escondidas e o mais grave adoram comê-las, de preferência as plantas mais tenrinhas.
Assim, mudança de planos e para que as pequeninas sementes pudessem crescer em paz, nada melhor que mudar o local. Um vaso...




 



Colocou-se a terra, as sementes foram lançadas e no final reguei o pequeno canteiro. De acordo com as "Growing instructions" a germinação inicia-se dentro de 10-40 dias.



Foto: tirada no dia 01 de Maio.

3 comentários:

Viajante disse...

Ouve lá, isto tem mais jeito de marijuana.
Tens a certeza que o tipo não te enganou!?

bj

Lusitana disse...

acho muito querido teres plantado sementinhas, que vêm de longe e que vêm numa embalagem tão gira e colorida, o que vai surgir não sabemos, por isso é só esperar, segundo a Sara são fuinhas(florzinhas)... onde estão as cobas?(cobras) e as boboletas? não preciso de traduzir. beijitos manita

dejalo que va lejos disse...

Amigo Viajante,

Eh eh eh eh eh... Julgo que pela embalagem colorida e tão singela não deve ser algo tão avassalador!!! Só sei que estou curiosa :p

Querida manita,

Este pequeno canteiro está debaixo da janela da cozinha da titi Graciete, longe dos olhares e garras dos nossos queridos bichinhos :p
Já tem uns pequenos botões, podes dizer à Saroca que as fuinhas estão quase quase a espreitar ;o)

Beijos grandes